Matérias...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 6 de maio de 2017

INTEGRIDADE SEXUAL - METATRON


IMPECABILIDADE CRISTALINA: DANÇANDO COM AS ESTRELAS
Uma mensagem de Metatron canalizada por Tyberonn,
16 de abril de 2011




INTEGRIDADE SEXUAL



O verdadeiro amor é uma frequência. Não é paixão emocional, não é romance e não é sexual, nos seus termos. Acima da dualidade, na sua verdadeira essência, você é andrógino, integral, inteiro e sem gênero. Só no plano da polaridade do reino físico é que ocorre a orientação de gênero. Neste momento e no seu plano atual de existência, a atração física para fertilização sexual está no modelo atual do DNA, para preservar a sobrevivência das espécies. Isto não é preciso nem está presente no seu Eu Superior, acima da dualidade.

A sexualidade é outra área que é muito complexa, muito confusa para muitas pessoas. É uma área que requer impecabilidade.

Através dos tempos, nas diversas culturas em todo o planeta, existiram muitos sistemas de crenças, expressões variadas, experimentos e modalidades da expressão sexual na biologia. Alguns foram muito moderados, outros extremamente liberais.

 

Os laços mais profundos do amor biológico e espiritual encontram-se na base de todos os relacionamentos pessoais e culturais, mas existe um amor mais elevado que transcende a sua programação cultural e religiosa de sexualidade.



Padrões morais, impressos pela religião e cultura no seu paradigma atual, têm uma influência considerável na opressão em termos de expressão sexual. A consequente orientação sexual extremamente específica reflete, então, uma firme divisão na consciência.


Não apenas separa o masculino dos impulsos emocionais alentadores, mas também separa o feminino da sua própria liberdade de projetar força e intelecto. Isto efetivamente formula uma cultura restritiva, na qual mente e coração, força e alento estão separados em polaridades através do gênero.



Intimidade e expressão sexual são veículos para a expressão da energia não-física de maneira física. A sexualidade pode ser sagrada ou pode ser simples luxúria. Quando é uma expressão espiritual da união de almas de um modo físico, ela é vivenciada como muito mais do que um ato físico e é feita a partir da intenção e manifestação dos chacras superiores.


Neste caso, a energia vital despendida é amplificada, santificada e retorna ao campo energético dos participantes, aumentando a vitalidade e equilíbrio de ambos. Cada um registra a impressão da alma do outro.



Entretanto, este não é o caso quando ela se expressa apenas pelo impulso físico, com o único propósito de satisfação sexual. Quando o ato sexual ocorre apenas para satisfação física, a energia vital é simplesmente despendida, gasta, e não retorna ao campo de energia humano. Na realidade, em alguns casos, quando o ato se baseia apenas no egoísmo e gratificação, ele rompe um pouco o campo eletromagnético e pode ocorrer vazamento de energia.



A maioria dos seres humanos, na sua sociedade atual, tem problemas conflitantes a respeito da sua própria sexualidade e expressão sexual.


A sexualidade é algo que pode fundir duas almas em bem-aventurada unidade, mas também pode expressar cada um como Um. O aspecto qualitativo da intenção dos participantes é que determina o nível do fluxo do chacra específico, se é ou não feito com lucidez superior, entende?



Não é irônico que muitos de vocês alcancem o maior equilíbrio em suas vidas, só depois que seus corpos cessam de produzir hormônios sexuais? Entretanto, a liberação do chi através da kundalini, por meio do ato sexual, está entre as energias mais poderosas disponíveis para a humanidade. Ela foi usada exageradamente e caiu no mau uso e desperdício. A chave é a intenção.



Quando existe uma atração consensual, unida ao carinho e respeito mútuo, ela pode ser maravilhosamente sensual, bonita e sagrada.


É capaz de transportar o espírito a reinos superiores, combinando a trindade do corpo, mente e alma. Quando isto acontece, especialmente entre membros da mesma família de almas, dá-se a transmissão de uma impressão energética e um efeito sinergético que é extremamente benéfico em muitos níveis.



A sexualidade é a expressão natural do amor que floresce entre as almas. Pode ser a expressão mais elevada do amor entre as pessoas, independente de gênero. Entretanto, pode se tornar uma fonte de culpa, uma fonte de controle, e uma fonte de preconceito e julgamento. Pode se tornar uma fonte de auto-engrandecimento e dependência, principalmente entre aqueles do gênero masculino, porque o impulso masculino para a reprodução está fisicamente conectado ao corpóreo, por assim dizer. Assim, ela é frequentemente mal compreendida e mal utilizada.



Os relacionamentos deveriam ser baseados em consenso, e a liberdade desta expressão deveria ser respeitada, mas perfeitamente alinhada com os chacras superiores. A dominação de um sobre o outro não é compatível com o verdadeiro amor nos relacionamentos de qualquer natureza.



A intenção elevada, na sexualidade, é extremamente benéfica em todos os níveis – físico, mental e espiritual.



Ela pode ser uma fonte de rejuvenescimento e regeneração. No entanto, muitos escolhem expressões sexuais que chegam às raias do deboche, manipulação, ganância, conquista e infeliz dependência do orgasmo físico.



Sem julgamento, lhes dizemos que a energia sexual é uma dádiva de energia maravilhosa, e quando usada com intenção mais elevada, oferece um vislumbre da felicidade orgástica sagrada dos reinos celestiais. Ela é a força vital e deveria ser usada sabiamente, envolvendo o corpo, a mente e o espírito.



Quando a expressão sexual é devidamente escolhida, seu desenvolvimento responsável com intenção mais elevada, através da associação dos corações e do amor, é um aspecto da impecabilidade cristalina.

Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br
Os direitos autorais desta canalização pertencem a www.Earth-Keeper.com. A publicação em websites é permitida, desde que as informações não sejam alteradas e os créditos do autor e seu site sejam incluídos. Este material não pode ser publicado em jornais, revistas e nem re-impresso sem a permissão do autor. Para pedir permissão, escreva para EarthKeeper@consolidated.net.



18 comentários:

  1. Sem sombra de dúvida, muito bem explicado! Grato pla partilha! Mesmo estando no meu segundo celibato (5 anos) e o primeiro 2), não conseguiria explanar melhor o que sim! É ESTE amor que almejo mas será que existe aqui neste mundo?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existe neste mundo sim, é muito raro, mas acho que já vivencieu o que fala o texto. Maria

      Excluir
    2. Existe sim, continue confiando que atrairá o que deseja

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Acredito nesse amor!
    Realmente não sei se existe nesse mundo, mas eu acredito!
    A trajetória pela busca desse amor, faz com que eu tenha total cuidado com as pessoas que me relacionam.
    O mundo seria um lugar muito mais bonito, de todos soubessem o real sentido da relação sexual.
    Grata pelo texto maravilhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que estou a experienciar esse amor, eu nunca senti uma energia tao grandiosa como a que sinto em qualquer interação com a pessoa em questão! o simples facto de ver o sorriso dela numa foto faz percorrer um arrepio na espinha, eu sinto que quero viver para sempre este amor, espero que eu e ela estejamos unidos fisica e espiritualmente para toda a eternidade, neste mundo fisico e no plano espiritual! Namastê...

      Excluir
  4. Eu tenho 57 anos, espero esse amor.
    Leve o tempo que levar.

    ResponderExcluir
  5. Gratidão infinita pelo esclarecimento. .sempre senti nisso uma verdade pura.
    Parabéns ao idealizador....gratidão gratidao e gratidão. ...talvez por puro machismo e falta de conhecimento nós os homens, não saibamos dar valor a esse ensino tão verdadeiro....acredito totalmente. ...

    ResponderExcluir
  6. Bonito, mas faltou o principal. Quer se aprofundar no assunto? Leia "O Matrimônio Perfeito", de Samael Aun Weor. O capítulo 2 esclarecerá de vez o que é sexualidade transcendental. Paz a todos!

    ResponderExcluir
  7. Eu acho que estou a experienciar esse amor, eu nunca senti uma energia tao grandiosa como a que sinto em qualquer interação com a pessoa em questão! o simples facto de ver o sorriso dela numa foto faz percorrer um arrepio na espinha, eu sinto que quero viver para sempre este amor, espero que eu e ela estejamos unidos fisica e espiritualmente para toda a eternidade, neste mundo fisico e no plano espiritual! Namastê...

    ResponderExcluir
  8. Gostaria de saber mais a respeito, tem a ver com Gnose sexual? alguem poderia passar algum link sobre exercicios mentais em casal sobre o tema?

    ResponderExcluir
  9. Amei o texto muito esclarecedor... Gratidão!!!

    ResponderExcluir
  10. Esse é o amor que alimenta e compartilha a energia,não só física e sim espiritual dos seres.Gratidão����

    ResponderExcluir
  11. Também me pego pensando se nessa vida, irei experienciar essa forma de amor... =\

    ResponderExcluir
  12. Na realidade o texto quer dizer que nós já somos completos, somos androginos , a nivel superior, extra fisico, nos temos tanto energia feminina quanto a masculina e por isso nas esferas superiores não existe a dualidade de um ou de outro e sim uno as energias . E Mesmo que encontrem esse "amor" na fisicalidade, quando praticarem o sexo comum , estarão desperdiçando a energia Kundalini, e dando a sugadores vampirescos invisiveis ao plano fisico, que estão ao redor na hora do ato somente para suga los , que é disso que tais se sustentam,.
    Pois o único meio de se aproveitar essa Energia e Canaliza la seria por intermedio do SEXO TANTRICO, que com todo enteterimento, rotina de hoje seria quase impossivel praticá lo constantemente, salvo uma ou outra vez.
    Quando nos conectamos e vivemos a espiritualidade em si não dependemos da energial sexual do plano fisico,nós não precisamos desse "amor dependente" ilusório pregado em romances, estorias, telenovelas, etc... Somos independentes e já somos completos, não deem seu poder a outros a sombras criadas por nós proprios, busquemos nos interiorizarmos, e encontramos com nosso EU completo, sem carencias, sem faltas...
    busquem na Meditaçao, na Espiritualidade acima de tudo, se querem acabar com sofrimento da ilusão, desapeguem se de toda ilusão do mundo físico. e vivam a ESPIRITUALIDADE, pesquizem, estudem, pratiquem a Espiritualidade.

    ResponderExcluir

Deixe um rastro de luz...